sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

PRIMEIRO CASO DE OVNIS REGISTRADO NO BRASIL

 

Jesuíta José de Anchieta

No início da colonização do Brasil, muitos fenômenos estranhos eram observados pelos primeiros colonizadores e pelos índios e foram, inclusive, descritos em suas histórias e lendas. Entretanto, poucos registros destas aparições foram feitos pelos portugueses ou estrangeiros que aqui habitaram na época do Brasil colônia.
No museu nacional do rio de janeiro está uma carta escrita pelo jesuíta espanhol José de Anchieta, datada de 31 de maio de 1560, onde se cita, pela primeira vez, um fato ufológico no litoral do estado de São Paulo.
Anchieta chegou de navio ao estado da Bahia em julho de 1553, mas logo foi transferido para o planalto de Piratininga, no estado de São Paulo, onde, por determinação do padre Manoel da Nóbrega ficou encarregado da correspondência da companhia de Jesus, além de outras atribuições.
Durante vários anos escreveu cartas e hoje, são conhecidas 28 delas, sendo que a maioria encontra-se arquivada na companhia de Jesus, em Roma. Nestas missivas, o jesuíta, deteve-se a escrever sobre doenças, epidemias, medicamentos, flora e fauna e até mesmo questões relacionadas ao clima da colônia.
A carta de 31 de maio de 1560, redigida ao seu superior padre Diego Laynes ficou conhecida como a “carta de são Vicente” e foi considerado o primeiro documento de história natural da América portuguesa, que em 901 linhas de texto em latino original, aborda aspectos do clima, da flora, da fauna e curiosos informes sobre demônios chamados de “curupiras” e fantasmas do rio, que denominavam “Igpupiára”.
O jesuíta no final da carta descreveu o Mbai-Tatá (ou Baetatá), traduzido por Mbai (cousa) e Tatá (fogo). Coisa de fogo ou que é todo fogo. Referente a este fenômeno, complementou Anchieta: “não se vê outra cousa senão facho cintilante correndo daqui para ali; acomete rapidamente os índios e mata-os, como curupiras: o que seja isto, ainda não se sabe com certeza".
Segundo o folclorista Luís da Câmara Cascudo, na obra “Dicionário do Folclore Brasileiro” (1954) este fenômeno descrito na carta de São Vicente seria o primeiro mito registrado no brasil.
Contudo, a descrição do jesuíta para alguns pesquisadores do fenômeno ufo seria realmente um fato ufológico e é notório que aquele fenômeno era temido pelos indígenas, pois se tratava de um temível aparato cintilante que se deslocava de um lado para o outro e a palavra "mata" no texto poderia ser também uma alusão a um rapto ou desaparecimento.
Agradecimentos: Edison boa ventura
Fonte: http://www.viafanzine.jor.br/site_vf/ufovia/registros.htm

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Há 73 anos a Batalha de Los Angeles impressiona a comunidade ufológica

 

Em 1942, cinco anos antes de Roswell e das observações de Kenneth Arnold, aconteceu o fantástico incidente batizado de 'A Batalha de Los Angeles'
Categoria: AVISTAMENTOS | CASUÍSTICA | HISTÓRIA DA UFOLOGIA | PESQUISA

Foto mostrando os canhões de luz convergindo no objeto, e projéteis antiaéreos explodindo ao redor do mesmo

Um objeto voador não identificado apareceu sobre a cidade de Los Angeles em 25 de Fevereiro de 1942 (semanas após o ataque de Pearl Harbor), acionando todos os alertas de invasão aérea da região. Era um enorme objeto desconhecido e, com medo de que fosse alguma tecnologia dos japoneses, os vários canhões de luz do sistema de defesa da cidade focaram na suposta aeronave, e as baterias anti-aéreas despejaram mais de 2.000 projéteis de 5 kg, de grande efeito explosivo. As sirenes de ataque aéreo de todo a região soaram durante a noite inteira, deixando os moradores apavorados com uma possível invasão japonesa. Pelo menos seis pessoas morreram em consequência direta do ataque do exército ao UFO que, lenta e despreocupadamente, moveu-se na direção da praia de Long Beach até desaparecer completamente. A foto ao lado mostra o que quase todos os moradores de Los Angeles viram naquela noite.
Agora, mais de 50 anos depois, Steven Lacey revive o caso utilizando as tecnologias disponíveis para lançar novas luzes sobre este mistério. Lacey limpou a imagem utilizando o Photoshop, ampliou-a, aplicou filtros de contraste e brilho até chegar na foto seguinte, que mostra claramente a forma já conhecida pelos ufólogos de um disco voador clássico.

Segundo Lacey é possível observar, olhando atentamente para os pontos escuros que registram as explosões, que os projéteis não chegaram a fazer contato com a aeronave. Testemunhas disseram para o LA Times que as explosões aconteciam em anéis ao redor da aeronave. E por isso Lacey supõe que a aeronave deveria ter algum tipo de campo de força, semelhante ao das naves espaciais na série de ficção Star Trek. O fato, segundo Lacey, de que uma nave desconhecida voou lenta e calmamente sobre Los Angeles, chamando a atenção de centenas de milhares de testemunhas, sem demonstrar qualquer tipo de dificuldade, enquanto o exército americano tentava com o maior empenho possível derrubá-la é, por si só, uma forte evidência de que a mesma seja alienígena, porque essa tecnologia não existia na época. E mesmo nos dias de hoje ainda é um sonho distante!
Mas a aeronave não era hostil. Ao contrário dos estupefatos militares ela não soltou bombas e nem utilizou qualquer tipo de arma. As mortes aconteceram devido ao próprio ataque do exército. Lacey escreve em seu artigo que não há possibilidade da aeronave, sendo pilotada por algum tipo de inteligência, não ter notado o ataque ao seu redor. Portanto, fica óbvio que, quem quer que fosse o piloto, estava completamente tranqüilo. Suportando o máximo que podíamos fazer contra ele sem demonstrar qualquer sinal de preocupação. Certamente, a tecnologia utilizada para fazer uma nave dessas é muito superior à nossa!
O governo norte-americano informou apenas que a aeronave não era identificada, deixando assim o público assumir que a sua origem era japonesa. Entretanto, o que aconteceria vivêssemos hoje em dia a mesma situação? Lembrando de que agora temos a grande diferença da atuação da mídia de massa e das transmissões ao vivo para todo o mundo? Quantas pessoas concluiriam imediatamente que esta aeronave não poderia ser deste planeta? Para Lacey, não há duvidas de que o objeto desconhecido que voou sobre Los Angeles em 25 de Fevereiro de 1942 era de fato uma aeronave alienígena!

Revista UFU

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Saudações ufológicas

Jacinto Pereira de Souza

Agora mesmo ·

Senhores Ufólogos e simpatizantes da Ufologia, dia 27 deste estaremos atualizando ou socializando nossas informações ufológicas em nossa 'Reunião Plenária'. O local: Sala l da CDL de Sobral, que fica situado na Rua Dr. João do Monte 826, no Centro, Sobral - CE. Acontecerá a partir das 19 horas e a entrada é franca. Maiores informações pelo 88 99210172

UFO em vídeo feito pela NASA em 1969

Já tinhamos conhecimento de OVNI's observando as missões da NASA e esses dias um dos videos originais, tem aguçado a curiosidade dos internautas com mais de 44 mil visualizações. Segue um trecho da materia do site Megacurioso e o vídeo.
"Quando o homem foi à Lua pela primeira vez, o mundo todo parou para ver as imagens transmitidas pela NASA. Antes, porém, houve uma aterrissagem lunar de ensaio, em maio de 1969. A operação também foi ovacionada em todo o planeta, e, ainda que o vídeo desse pouso esteja entre os mais vistos da História, um pequeno detalhe acabou passando despercebido. Só agora, em fevereiro de 2015, um detalhe veio à tona: ao lado da nave passa um objeto voador branco, que até o momento permanece não identificado. Na ocasião, a tripulação da Apollo 10 estava realizando todo tipo de teste possível, talvez por isso todos os olhares estivessem voltados para a nave em si, e não para o ambiente ao redor dela."




Fonte: www.megacurioso.com.br

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Estaria o fenômeno do Chupa cabras de volta ao Brasil ???

 

Animais mortos misteriosamente, sem barulho, sem sinais de luta e sem sangue espalhado.

20 animais, entre ovelhas e cabras morreram em um mês e meio no interior da Bahia. Os animais foram encontrados com perfurações no pescoço e sem vestígios de sangue ou de luta. A suspeita da existência de um chupa cabra tem assustado os moradores, que mudaram suas rotinas e tem deixado de sair de casa durante a noite. O Domingo Espetacular foi até lá tentar desvendar este mistério.

Segue vídeo:

ETS & ETS …read more

Leia mais: Notícia Final

http://pt.dfns.net/2015/02/23/estaria-o-fenomeno-do-chupa-cabras-de-volta-ao-brasil/

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

África Central: Cientistas Encontram um Cemitério de Extraterrestres

 

Descoberto múmias extraterrestres!!!

Na África Central, os cientistas encontraram um cemitério de extraterrestres, e concluiram que foram enterrados há pelo menos 500 anos ! “As sepulturas são pelo menos 200 ! Surpreendentemente, eles estão muito bem preservados Agora estamos tentando descobrir onde eles apareceram na Terra, e porque eles estão mortos…. ” Disse em novembro de 2009, aos jornalistas em Kigali, Ruanda, o antropólogo suíço Dr. Hugo Childs. “

A equipe de antropólogos encontrou um cemitério misterioso durante um estudo sobre a selva de Ruanda - segundo Weekly World News(USA). Na primeira notícia, os cientistas assumiram que tropeçaram em cima dos restos de um antigo assentamento, mas as escavações mostraram que as pessoas locais nada sabiam sobre o assunto. Todas as sepulturas eram conjuntas: cada uma tinha cerca de cinco corpos cujo tamanho das criaturas era bastante grande – cerca de 7 metros – “As cabeças são desproporcionalmente grandes e tinham a ausência completa da boca, nariz e olhos, eu acho que eles se comunicavam uns com os outros telepaticamente e se movimentavam no local como os morcegos, com a ajuda de algum radar biológico “. Os antropólogos sugeriram também que os seres eram parte de uma aterrissagem alienígena, que, após o pouso na Terra, foram confrontados com algum vírus mortal. Aparentemente, os alienígenas não eram imunes às doenças terrestres e podem até mesmo ter morrido de resfriados comuns. “No entanto, alguns deles tinham para sobreviver e voar para longe, porque não foram encontradas nas proximidades traços de qualquer espaçonave, ou até mesmo seus destroços – acrescenta o Dr.Childs . ” Claro, nossas escavações ainda estão em curso, e que surpresas estão por vir – não sei “. Os cientistas têm se recusado a indicar as coordenadas do lugar onde está o cemitério, alegando que podem correr para lá multidão de aventureiros. Eles prometem que, quando o trabalho for concluído, a localização exata do cemitério será levada ao público . “Nossa descoberta pode mudar a percepção do mundo em que vivemos.” O Dr. Childs prometeu apurar se representantes daquela tribo podem ainda estar vivendo nas montanhas da área da China. Disse ainda que tem sido noticiado que os cientistas encontram regularmente muitas múmias estranhas e esqueletos antigos, e que é questionável se pertencem à raça humana. Hipóteses para explicar suas origens são diversas, mas a maioria dos especialistas concorda que é tanto podem ser antigos monstros genéticos ou extraterrestres! Na virada de 1937-1938 em uma área remota das montanhas de Bayan-Kara-Ula, na fronteira entre o Tibete ea China, a expedição liderada Professor da Academia de Ciências de Pequim Chi Pu Tay , em uma das rochas foram descobertos células minusculas em forma de colmeia em uma caverna. Lá existem corpos frágeis, não mais altos do que 130 centímetros, e seus esqueletos tem cabeças desproporcionalmente grandes e membros finos. Um estudo cuidadoso deles permitiu aos cientistas sugerem que a rocha circundante seria um antigo cemitério, e as pequenas cavernas – as sepulturas -. Descobriram também um último refúgio com 716 alienígenas mortos preservados em cavernas com representações gravadas do Sol, Terra, e na Lua , e de um mundo desconhecido da astronomia moderna, a partir do qual, indo em torno de uma curva suave Sol, passa-se por uma cadeia de pontos do tamanho de uma ervilha. Esta cadeia está representada sobre a terra, como se marca o ponto final da aterragem de voos interestelares. Adicionalmente, têm sido encontrados, alguns discos estranhos de cerâmica com um diâmetro de cerca de 30 centímetros e uma espessura de 8 mm. Eles têm no centro do orifício. A partir do centro para a borda do disco há um sulco em espiral com pequenos ícones crípticos. A análise mostrou que, uma vez estas rodas estiveram sob a influência de um campo magnético intenso. No início dos anos 60 do século passado, o professor chinês – Tsum Um Nui – fez uma tradução parcial das inscrições nos discos. Mas foi o suficiente para saber que era uma vez um grupo de seres alienígenas que se chamavam de “sac”, fez um pouso de emergência em Bayan-Kara-Ula e foi incapaz de decolar novamente.Se abrigaram em cavernas, lutaram pela vida, mas, no final, todos morreram. Tsum Um Nui obteve permissão para publicar o texto decifrado. No entanto, o trabalho do professor, intitulado “A história de naves espaciais que existiram 12 mil anos atrás”, tem levado a seu endereço críticas e mensagens de ridículo. Frustrado, o pesquisador emigrou para o Japão, onde logo morreu. A descobertas sensacionais, na confusão e caos da Revolução Cultural Chinesa” foram espalhadas por lojas e museus na China. Hoje em dia, graças ao arqueólogo alemãoWalter von Moltke, salvou do esquecimento a descoberta. Recentemente, ele fez outra expedição para a China ”, e disse que a inscrição misteriosa nos discos dizem que o planeta de origem de queda é de perto de Sirius e os seus antecessores fizeram duas viagens à Terra – cerca de 20.000 anos atrás, e em 1014. Durante a última missão, a nave caiu, e os alienígenas sobreviventes não foram capazes de deixar o planeta. Depois de uma longa busca Moltke conseguiu encontrar espalhados por todo os museus chineses esqueletos de extraterrestres.

Moltke acreditava que pelo menos 12 dos 716 esqueletos foram diretamente relacionados com os colonos espaciais que vieram primeiro: eles eram diferentes do resto, com um menor crescimento, um maior crânio e órbitas oculares. Ao pé de um deles havia sinais claros de uma operação cirúrgica realizada, aparentemente com a ajuda de laser … Até agora o saque da misteriosa tribo foi preservado, mas é provável que haja ainda os últimos de seus representantes ainda vivos em algum lugar nas zonas montanhosas remotas da China .

Outra “múmia extraterrestre”( sua idade supostamente remonta ao final da última era glacial) foi descoberta por espeleólogos turcos recentemente. O cadáver mumificado de uma criatura humanóide descansando em um sarcófago feito de cristal, não exceda 1 metro 20 centímetros. Ele manteve uma pele verde e lateralmente grandes asas transparentes como um inseto ou um … elf de um conto de fadas! “Apesar de ter aparência incomum, é uma criatura mais parecida como uma pessoa e não como um animal. Tem nariz, lábios, orelhas, mãos, pés, unhas, sendo muito semelhante ao humano. Só os olhos são muito diferentes dos nossos. O tamanho é três vezes maior do que nos seres humanos, e é incolor, como um réptil. “, diz o arqueólogo Salim Ternsambey . E mais: biólogos e médicos dizem que eles não podem dizer com certeza que o corpo está completamente sem vida. Talvez seja em estado de hibernação e poderá acordar um dia. Quanto ao sarcófago, só à primeira vista parecia aos investigadores como cristal. Na verdade, depois de algumas experiências, os especialistas chegaram à conclusão de que ela é feita de material durável extremamente brilhante e cristalino, material desconhecido na Terra.

Gennady Fedotov, colunista de “AN”.

Fonte: Pravda.RU

Uma equipe de antropólogos encontraram um enterro misterioso na selva perto da cidade de Kigali Ruanda (África Central). Os restos pertencem a criaturas gigantescas que têm pouca semelhança com os seres humanos. Chefe de grupo de pesquisa acredita que eles podem ser visitantes de outro planeta que morreu como resultado de uma catástrofe.

Segundo os cientistas, eles foram enterrados pelo menos 500 anos atrás. Na primeira, os pesquisadores pensaram que se depararam com os restos mortais de antigos assentamentos, mas sem sinais de vida humana foram encontrados nas proximidades.

As 40 valas comuns tinha cerca de 200 corpos em si, perfeitamente preservado. As criaturas eram altos – cerca de 7 metros. Suas cabeças desproporcionalmente grande e eles não tinham boca, nariz ou olhos.

Os antropólogos acreditam que as criaturas eram membros de um pouso de alienígenas, possivelmente destruído por algum vírus terrestre para as quais não tinham imunidade. No entanto, nenhum vestígio do pouso da nave espacial ou seus fragmentos foram descobertos.

Esta não é a primeira descoberta deste tipo No verão de 1937 um grupo de cientistas chineses liderados pelo professor Chi Putei pesquisadas as cavernas do Monte Bayan-Kara-Ula. Dentro eles encontraram esqueletos com cabeças grandes e corpos excessivamente fraco. Perto havia 176 placas de pedra. No centro de cada prato havia umburacodo qual uma ranhura espiral espalhar-se para o perímetro com alguns personagens nele.

Além disso, as paredes da caverna foram cobertos com imagens do sol nascente, lua e estrelas, com muitos pontos pintados ou pequenos itens, se aproximando lentamente das montanhas e da superfície da terra.

Especialistas em decifrar antigos caracteres escritos foram intrigado com a divulgação das espirais segredo da caverna Bayan-Kara-Ula por duas décadas. Finalmente, o professor da Universidade de Pequim Zum Umniu decifrado várias inscrições.

As letras ranhuras narrado que cerca de 12 mil anos atrás, alguns objetos voadores caiu nas montanhas. Arqueólogos chineses encontraram uma referência aos povos que viviam nas cavernas montanhosas de Bayan-Kara-Ula.

Um dos esqueletos encontrados em Ruanda, na África

Um cadáver de outro “extraterrestre” foi encontrado por espeleólogos turco. A múmia da idade do gelo estava descansando em um sarcófago feito de material cristalino. A altura da criatura humanóide do sexo masculino não ultrapassou 1 metro 20 centímetros, sua pele era verde-claro, e ele tinha grandes asas transparentes sobre seus lados.

Segundo os pesquisadores, apesar da aparência incomum a criatura mais parecia uma pessoa ao invés de um animal. Seu nariz, lábios, orelhas, mãos, pés, unhas, eram muito semelhantes às humanas. Apenas os olhos eram muito diferentes, três vezes maior do que os de um ser humano, e incolor, como os olhos de réptil.

Não que há muito tempo em um dos túmulos do antigo Egito uma múmia de um homem de 2,5 metros de altura foi encontrado. Não tinha nariz ou ouvidos, e sua boca era muito larga e não tinha língua.

Segundo o arqueólogo Gaston de Villars, a idade da múmia é de aproximadamente 4.000 anos. Foi enterrado como um nobre egípcio – cuidadosamente mumificados e cercado por servos, alimentos e objetos de arte concebida para a vida futura. No entanto, como foi descoberto, nem todos os objetos em torno da descoberta pertence ao Egito ou mesmo a cultura da Terra.

Esta criatura foi constatado de ter duas faces no mesmo crânio

Por exemplo, entre as descobertas foi um disco de metal polido redondo coberto com caracteres

estranhos, um traje feito de metal com os restos de algo parecido com sapatos de plástico, tábuas de pedra e muitos cheios de imagens de estrelas, planetas e estranhas máquinas. O Santuário, onde uma múmia estranha foi encontrada também parece incomum. O enterro foi feito do material desconhecido na antiguidade. A pedra foi literalmente esculpida na rocha de modo que as paredes eram lisas, como mármore polido. Parecia que ela foi cortada por um laser. Aliás, a superfície da pedra foi fundida. O túmulo foi decorado com uma vantagem de substância semelhante.

No entanto, a teoria “alien” não é o único. Segundo alguns pesquisadores, os“gigantes” e “anões” poderia ser um mero ramo lateral da humanidade que já viveram na Terra, mas por alguma razão se tornaram extintas.

Fonte:http://linkmagico.blogspot.com.br

Mais um post by: UFOS ONLINE

Veja o Vídeo Abaixo:

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=mIVa4-ZBkEY

http://ufosonline.blogspot.com.br/

OVNI sobrevoa Lima, Peru.

Até agora, as informações dão conta que as imagens foram feitas por uma equipe de televisão peruana, durante a gravação de um programa. Estamos analisando o video e pesquisando mais informações sobre o registro. Que por sinal é um dos raros registros feitos durante o dia e com estruturas por perto.


sábado, 7 de fevereiro de 2015

UFO - Mistério: Mineiros Desenterram Antigo Disco Voador na Sibéria, Rússia

 

Prova de vida alienígena? Uma dos escavadores com o 'UFO'

Será que essas imagens intrigantes mostrar um UFO que caiu no Planeta Terra a partir do espaço exterior milhares de anos atrás, encaixando-se no fundo da terra?

O objeto em forma de disco voador estranho foi desenterrado durante trabalhos de escavação por uma empresa de mineração de carvão na Bacia Kuznetsk da Sibéria, Rússia.

Os arqueólogos, foram chamados para examinar o "objeto", que os escavadores acreditam que é um objeto feito pelo homem, descrevendo-o como um "mistério".

No entanto, observadores do céu estão convencidos de que caiu do espaço.

A verdade está lá fora ? O objeto tem a forma de um disco voador

O objeto incomum é quase perfeitamente circular, com um diâmetro de cerca de 1,2 metros e pesando cerca de 200kg

Escavador Boris Glazkov, 40, que encontrou o objeto, disse: "Eu tenho que dizer que não era difícil ver como foi realmente distinto e grande.

"Eu nunca vi nada como este objeto, que é, obviamente, fora, aqui no meio do nada, antes feito pelo homem. É um verdadeiro mistério."

Material pesado: O objeto pesa em torno de 200kg

Seu colega, Arthur Presnyakov, de 38 anos, disse: "Havia realmente dois objetos semelhantes, mas o primeiro quebrou quando ele estava sendo puxado para fora do solo pelo balde da escavadeira.

"Nós pensamos que vimos algo certo, porque ele quebrou em pedaços, mas, em seguida, quando o segundo apareceu paramos trabalho e cuidadosamente removemos do balde."

A mineradora Kuzbassrazrezugol, que possui o objeto, disse que tinha sido puxado para fora do solo a uma profundidade de cerca de 40 metros.

Tendo em conta que foi incorporado subterrâneo tão profunda, que poderia ser mais velho do que ossos de mamute, que foram descobertos na área, a uma profundidade de 25 metros.

Cientistas quis fazer mais comentários enquanto a investigação está em curso.

Mas web-usuários têm suas próprias idéias.

OliPokro20 comentou: "Ele não me parece ter sido feito pelo homem, Porque na terra que um ser humano criaria um objeto tão estranho e enterrá-lo tão profundamente.?

"Eu acho que deve ter vindo do espaço."

Fonte:http://www.mirror.co.uk

Mais um post by: UFOS ONLINE

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Óvnis ainda gostam da Praia do Preá

IMG_0075

Quando eu morava na comunidade de Cavalo Bravo, nos anos 60 e 70, sempre ouvia falar no “fogo da vagem”. Eram luzes que eram vistas à noite numa área descampinada que ia da minha comunidade até a beira do mar. É uma área onde dunas de areia já passaram e que tem capim e algumas plantas rasteiras. Eu mesmo cheguei a ver, quando por lá passávamos à noite. Pareciam faróis de carros. Algumas vezes, quando íamos pescar no mar e saíamos pela madrugada, víamos. Como não apareciam próximo às pessoas, não assustavam tanto. Depois que fui embora de lá, sempre que eu ia visitar meus parentes, eu perguntava se tinha aparecido para alguém, já que sou um pesquisador de Óvnis. A tempos essas luzes não apareciam. Porem, na sexta-feira 27/01, uma luz em forma de estrela, assustou um grupo de jovens que jogavam futebol na praia. Era 18 horas e a noite ainda não tinha chegado( lá só escurece um pouco mais tarde). Foi uma debandada geral. Alguns jovens saíra de moto e a tal luz os seguiu por algumas ruas da comunidade. Conversei com os jovens da foto acima, os quais deram detalhes do ocorrido. São eles: Francisco Fábio de Barro Alves, José Levilson Lima Nascimento, José Josberto Lima e   João Maria de Lima. Como eu estava apressado, não fui procurar os outros, que também testemunharam o fato, o que farei posteriormente. Já tenho vários outros relatos de testemunhas de outros aparecimentos anteriores de Óvnis na citada vagem e adjacências. Alguns são muito interessante, pelo tamanho dos objetos e as circunstâncias dos avistamentos.

Sempre peço aos leitores deste Blog para encaminharem para mim os relatos de aparecimento de coisa estranhas, inclusive Óvnis. Podem enviar pelo E-mail: jacintops@yahoo.com.br ou pelo 88 99210172, de já agradeço.

Jacinto Pereira de Souza.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Esfera rajada acompanha veículo no Maranhão

avistamento amarok

 

 

Mais um relato de experiência ufológica nos foi confiado. Trago hoje a experiência, o avistamento do leitor Fábio, o qual provavelmente teve a sorte de ver uma sonda ufológica acompanhar o seu veículo de trabalho.

Segue depoimento:

“Me chamo Fábio, em 2013, viajava a serviço em todo território maranhense fazendo as inspeções de acessibilidade das escolas públicas do estado, e em uma dessas viagens vi algo que não era desse planeta. Até então nunca acreditei em histórias misteriosas, mas depois do que vi não tive mais dúvidas, vou relatar o que vi:

Em um povoado entre Barão de Grajaú e São João dos Patos, uma região montanhosa as margens do rio Parnaíba, depois de terminar o serviço, já voltando com minha equipe, vi algo inesperado. No veiculo Amarok, em uma estrada de terra, vi uma luz se aproximar pela retaguarda, olhei rapidamente pelo retrovisor, quando emparelhou com o veículo uma esfera de cor alaranjada, um pouco fraca, mas pude ver com detalhes, parecia que tinha uns rajados, como raízes, ao mesmo tempo que movimentei a cabeça para ver, nesse mesmo momento, como uma sincronização ela virou bruscamente e evadiu-se adentrando a mata na altura das copas das árvores, em uma velocidade relativamente baixa.

Uma das pessoas da equipe também viu, eu estava dirigindo o veículo e a pessoa que estava no banco de trás, logo atrás de mim viu também, pensava que só eu tinha visto o OVNI, mas a pessoa falou assim pra mim: – Você viu Fábio? E eu disse: -O que você viu? E a pessoa relatou a mesma coisa que eu tinha visto. Desde então eu acredito porque eu sei o que vi, e de muito perto, em poucos segundos. Nada do nosso planeta se locomove daquele jeito, não tive reação para filmar, e nem daria tempo, foi muito rápido. Eles existem e talvez não queiram ser incomodados, foi a impressão que eu tive.”