quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Faleceu Reginaldo de Athayde

 

Expressão máxima da Ufologia no nordeste, Reginaldo era também coeditor da Revista UFO, e pesquisou casos em toda a região, especialmente em seu estado, o Ceará
Categoria: HISTÓRIA DA UFOLOGIA | HOMENAGEM | Obituário

CRÉDITO: ARQUIVO REVISTA UFO

Reginaldo de Athayde

SAIBA MAIS

UFOs interromperam partida de futebol na Itália Exposição sobre Ufologia acontece em São José do Rio Preto Faleceu Ubiratan Pinón Frias

É com profundo pesar que a Revista UFO e a Ufologia Brasileira lamentam o falecimento de outro grande pioneiro, Reginaldo de Athayde. Autor, conferencista e coeditor da Revista UFO desde a sua criação, Reginaldo tinha avançada idade, e infelizmente estava internado desde maio passado com problemas de saúde. Lamentavelmente suas condições vinham piorando e o grande ufólogo nordestino nos deixou nesta segunda-feira, 13 de outubro, às 16h00.
Athayde foi certamente o maior de todos os ufólogos nordestinos e ao longo de sua impressionante trajetória passou por todos os recantos da sua região atrás de casos ufológicos, especialmente seu estado, o Ceará. Lá, ele pesquisou episódios importantes, como os casos Quixadá e Baturité, entre milhares de outros. Muitas de suas pesquisas foram publicadas na Revista UFO, da qual Athayde era coeditor há 25 anos.
Nascido em Fortaleza, era casado com Maria Zilma Braga de Athayde e tinha dois filhos, Flávio e Karina. Jornalista, escritor, poeta e cientista, logo se interessou pelos fenômenos ufológicos, cuja pesquisa divulgava ao unir este tema à experiência adquirida como locutor de rádio e repórter. Há 50 anos fundou o Centro de Pesquisas Ufológicas (CPU), do qual foi presidente até sua morte. Foi também um dos membros da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU), da Diretoria do Centro Brasileiro de Pesquisas de Discos Voadores (CBPDV) e diretor estadual da Mutual UFO Network (MUFON), dos Estados Unidos.

TRAJETÓRIA EXEMPLAR DE APOIO À UFOLOGIA
Os múltiplos talentos de Athayde o levaram a ser membro da Associação Cearense de Imprensa (ACI) e da Academia de Letras Municipais do Estado do Ceará (Almece). Seu primeiro livro, Muito Além da Imaginação, tinha uma proposta inovadora na abordagem do Fenômeno UFO. Nele, 20 acontecimentos ufológicos são descritos intencionalmente em formato de contos, com o objetivo de despertar emoções no leitor. Seu segundo livro foi lançado pela Biblioteca UFO em 2000. ETs, Santos e Demônios na Terra do Sol, traz uma quantidade imensa de informações, resultado de mais de 40 anos de pesquisa incansável, sendo um dos maiores sucessos da coleção.

CRÉDITO: ARQUIVO REVISTA UFO

Reginaldo de Athayde em vigília com membros do CPU

Reginaldo de Athayde em vigília com membros do CPU

Além disso, era constantemente requisitado para palestras e apresentações, sendo marcante sua participação no I Fórum Mundial de Ufologia, realizado em Brasília em 1997. Nos últimos anos, mesmo com os problemas resultantes da idade avançada, permanecia como um defensor incansável da Ufologia, além de manter o trabalho como jornalista. Seu currículo ostenta quase 400 trabalhos publicados – a maioria sobre Ufologia. Atuou como correspondente de inúmeras organizações e publicações ufológicas, como a revista francesa Lumières Dans La Nuit. O exemplo de Reginaldo de Athayde de dedicação à Ufologia seguirá inspirando novas gerações de ufólogos.
Leia a entrevista de Reginaldo de Athayde para a edição 74 da Revista UFO
Lumières Dans La Nuit, revista da qual era correspondente
Conheça seu livro ETs, Santos e Demônios na Terra do Sol

CRÉDITO: REVISTA UFO

ETs, Santos e Demônios na Terra do Sol

ETs, Santos e Demônios na Terra do Sol

Descrição: Espantosos casos de ataques de alienígenas a humanos, resultando em ferimentos graves e até mortes no Nordeste brasileiro, fatos raramente encontrados noutras partes do mundo. Um verdadeiro repertório de terror e medo. ETs - Santos e Demônios na Terra do Sol é a mais completa obra que já se produziu sobre a atuação de extraterrestres no Nordeste brasileiro. Por que os ETs vêm à Terra e o que querem aqui? Seus objetivos são pacíficos ou hostis? Talvez ainda estejamos longe de conhecer a resposta para estas indagações, mas algumas conclusões podem ser obtidas ao analisarmos a profunda casuística ufológica brasileira, uma das mais ricas do planeta.
Em nosso país temos casos de todos os tipos, mostrando alienígenas agindo em nosso meio ambiente livremente e interagindo com nossos habitantes de forma contundente. Somos considerados um verdadeiro "celeiro ufológico" pela Comunidade Ufológica Internacional, atenta a tudo que aqui acontece. Mas de todas as regiões do Brasil, nenhuma tem uma casuística tão exótica quanto o Nordeste. Exótica e aterrorizante! Lá são comuns casos de ataques de alienígenas a humanos, resultando em ferimentos graves e até mortes – raramente encontrados noutras partes do mundo. Esta inexplicada violência vem sendo registrada há décadas por Reginaldo de Athayde, experiente escritor e veterano ufólogo, que é coeditor da Revista UFO.
O livro é o resultado de um trabalho de pesquisas profundo e meticuloso, desenvolvido pelo autor há mais de meio século. Nele se observa que a tese de que nossos visitantes são benevolentes e atenciosos 'irmãos cósmicos' certamente não se aplica ao Nordeste, dada a violência com que ETs agem na área. No entanto, isso se contrasta com casos em que são tratados como verdadeiros santos por pessoas de forte apego religioso. O autor é a pessoa mais bem informada sobre o que acontece na região e agora tem a oportunidade de expor ao Brasil e ao mundo os fatos que investigou.

Fonte: http://www.ufo.com.br/noticias/faleceu-reginaldo-de-athayde

Linhas ou Corredores Bavic, você sabe o que é isso?!

 

Bom, muita gente não sabe, nem mesmo muitos Ufólogos. Então vamos lá, é um conceito simples e importante.

Em 1954, o famoso Ufólogo Aimé Michel estudou as trajetórias de UFOs nos céus da Europa, descobrindo certos caminhos no ar, talvez caminhos eletro-magnéticos, e criou um conceito a partir das suas observações: A Linha Bavic.

O nome Bavic é a junção dos nomes de duas cidades francesas - Bayonne e Vichy - onde o alinhamento entre estas duas cidades sugerem a existência uma UFO "superhighway".

O interessante é que se prolongarmos esta linha além do Atlântico até o Brasil ela cruzará nosso país no centro-oeste e nordeste, justamente em lugares com alto número de avistamentos de UFOs. Mas são inúmeros corredores e estes cruzam todos os lugares do Brasil e do mundo. Vale a pena estudar essas rotas caso se queira montar vigílias. 

Esses alinhamentos eletro-magnéticos também são conhecidos na Inglaterra como Leys. A teoria dos Leys foi criada por Alfred Watkins no seu livro The Old Straight Track - A Antiga Trilha Reta - publicado em Londres em 1925. Os Leys são trilhas invisíveis ou alinhamentos com um complexo poder. 

Acredita-se que muitos locais sagrados na Inglaterra foram construídos para demarcar as pontas desses alinhamentos. Dizem às lendas que muitas coisas estranhas aconteciam (ou acontecem) nesses alinhamentos.

O Ufólogo Reginaldo de Ataíde, acredita que a explicação para tantos fenômenos ufológicos verificados em Fortaleza é justamente a localização do Corredor Bavic. Se Aimé Michel estiver certo as rotas ufológicas precisam seguir certo itinerário, conclusão esta, tirada após pontuar muitas aparições de OVNIs.

No Brasil, principalmente em Fortaleza, o corredor mais famoso passa pela Praia do Futuro, onde o corredor parece seguir até Pontaporã e as subvias aéreas, com seus sub-corredores Bavic dirigem-se em linha reta até as cidades de Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu e outros seguem para Pernambuco, Rio Grande do Norte e entram para o mar não se sabendo até onde vai ou em que ponto no mar eles... Descem? Sobem? Somem? 

Bom temos muito a saber e são muitas as perguntas, mas o foco aqui é ficar com a idéia de estudo desses corredores.

Fonte: http://ufologiaembuscadaverdade.blogspot.com.br/2011/08/linhas-ou-corredores-bavik-voce-sabe-o.html

Aviso Ufológico

Bom dia. Estou lembrando que na próxima sexta feira teremos mais uma reunião plenária a partir das 19 horas para tratar da Ufologia. A entrada é franca. O local: Sala l da CDL de Sobral, que fica situado na Rua Dr. João do Monte 826, no Centro, Sobral - CE. Maiores informações pelo 88 9921 0172.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Site divulga imagens de ET encontrado morto

 

Alienígena teria sido achado em floresta por soldados; não há como provar a autenticidade do vídeo.

Um site especializado em Ufologia divulgou imagens de um suposto extraterrestre localizado em local não divulgado. No vídeo, publicado pelo blog areazone51ufos.blogspot (em francês), o ser está rodeado por militares.

Segundo a publicação, o alienígena estaria morto em uma floresta e foi encontrado pelos soldados, que tentaram esconder a descoberta. Não há como provar a autenticidade do vídeo, tanto que, ao final das imagens, o blog deixa a pergunta “verdadeiro ou falso?”.

Fonte: Diário de S.Paulo

http://arquivosdoinsolito.blogspot.com.br/2014/09/site-divulga-imagens-de-et-encontrado.html

Relatos de gaúchos que afirmam ter feito contato com extraterrestres

 

Casos de abdução foram relatados em diversas cidades do interior do RS. Estudiosos da ufologia descreveram ao menos 80 raças de extraterrestres.

  Existe vida inteligente em outros planetas? Ao longo dos anos, muitas pessoas já fizeram essa pergunta, mas até hoje ninguém conseguiu respondê-la de forma convincente. Não faltam, porém, pessoas que afirmam ter certeza de que extraterrestres já estão entre nós, inclusive gaúchos que afirmam já terem tido contato com eles, como mostra a reportagem do Teledomingo.
Há muito tempo o possível contato de humanos com seres de outras galáxias é motivo de curiosidade. Os mistérios do universo têm alimentado inúmeras histórias de ficção em filmes, livros e outras formas de expressão. E atraído muitos estudiosos ligados à ufologia, que garantem haver indícios fortes da presença ou existência de extraterrestres.

Museu de ufologia fica em Itaara, na Região Central do estado (Foto: Reprodução/RBS TV)
O Museu de Ufologia de Itaara, na Região Central do estado, é considerado o único na América Latina onde a ufologia tem espaço ao lado da ciência. Mas nem lá, as certezas predominam.
“Esse museu não tem a finalidade de provar a existência ou não de extraterrestres. Aqui nós simplesmente contamos a história e guardamos esta história para o nosso visitante, quando está junto com a gente”, diz Hernán Mostajo, diretor do museu.
O pesquisador paulista Leonardo Martins também ouve muitas dessas histórias. “Todo tipo de pessoas relatam essas experiências. Então, você vai encontrar desde pessoas mais simples, analfabetas, de nível de escolaridade muito baixo, até pessoas com altíssima escolaridade e nível socioeconômico elevado”, diz o mestre em psicologia pela Universidade de São Paulo (USP).
Leonardo esteve em Porto Alegre neste mês para o Encontro Gaúcho de Ufologia e diz que os relatos são sempre curiosos. Variam desde a visão de luzes distantes até situações onde a pessoa dá detalhes de naves ou de seres que deixaram marcas no solo. Quem não lembra do filme “Sinais”, onde um ser estranho aparece em uma  festa infantil, em Passo Fundo?
Bem perto da cidade do Norte gaúcho, em Sarandi, a lembrança dos moradores é bem mais real. Trata-se do caso Artur Berlett, o tratorista que no dia 14 de maio de 1958 diz ter sido levado num disco voador e só voltou 11 dias depois. “Foi um dos casos que chamou muita atenção dentro da ufologia nacional e internacional”, diz o coordenador do Movimento Gaúcho de Ufologia, Carlos Odoni da Costa Nunes.
Segundo os relatos do tratorista, ele foi levado a um planeta chamado Acart, a 65 milhões de quilômetros da Terra. A viagem teria durado 38 horas. Lá, ele teria ficado em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. Os "acartianos" teriam ainda um tipo físico semelhante aos humanos e se comunicavam com ele no idioma alemão, contou o tratorista.
O caso da abdução em Sarandi ficou conhecido no mundo inteiro. Depois dele, outros, semelhantes, reais ou não, foram relatados em vários lugares, incluindo o Rio Grande do Sul. De lá para cá os estudiosos da ufologia já descreveram pelo menos 80 raças de extraterrestres e dizem que, a cada dia, três naves são vistas em pontos diferentes do planeta.
Duas delas, Odoni garante ter visto no Jardim Botânico de Porto Alegre, há 14 anos. “Ele vinha em um movimento muito semelhante como se fosse um satélite. Quando ele parou, se viu um segundo objeto de aproximando do primeiro. Quando aquele segundo ficou bem próximo, o primeiro fez uma manobra e os dois retornaram exatamente percorrendo a mesma trajetória que eu acompanhei do primeiro”, relata o ufólogo.
Dois amigos teriam tido um contato ainda mais intenso com extraterrestres e mostram registros de supostos seres. Benhur de Oliveira Costa, que é tenente-coronel aposentado da Brigada Militar, conta que uma noite teve uma intuição muito forte, que o fez sair para o pátio de casa na Zona Sul da capital e tirar várias fotos.
O objeto que apareceu, para ele, é uma sonda, usada pelos ETs para fazer pesquisas na terra. “O que eu não consigo explicar é esse momento de intuição, sabe? A partir de 2009, isso tem acontecido comigo em alguns momentos”, conta.
O bailarino Paulo Mirandola da Silva também mostra fotos que tirou com uma câmera adaptada em Itapuã, no limite com o município de Viamão, na Região Metropolitana.
“Eu achei que os seres extraterrestres ou os Óvnis já estariam por aqui, mas nossos olhos biológicos são extremamente limitados”, diz ele, ao mostrar imagens de supostos extraterrestres que registrou com a câmera adaptada. “Essa aqui eu enxergo uma espinha dorsal que passou, um ser, vamos dizer assim, que passou na frente da câmera e a câmera só registrou a espinha dorsal”, conta.
Se alguns extraterrestres tentariam se esconder, outros estariam fazendo questão de se comunicar. É o que dizem os ufólogos que acreditam no ser que se apresenta como Ashtar Sheran e manda mensagens que seriam recebidas pela intuição de médiuns.
“As pessoas dizem que ele é um ser comandante de uma frota imensa de naves. Que ele teria carne e osso, seria uma entidade física mesmo. Eu conheço um grupo de contatados que dizem que Ashtar Sheram nem é um ser, é um posto de comando e que há vários Ashtar Sheram. Independente de haver ou não algo lá, o que a gente pode dizer, no mínimo, é que Ashtar Sheram é um produto do nosso tempo”, diz Leonardo Martins.
Vídeos, fotos, relatos. Verdade? Imaginação? Não se sabe. Mas é certo que várias pessoas ainda buscam responder a pergunta que muitos já fizeram. “A questão da existência da vida fora da terra é quase uma unanimidade até entre os astrônomos. Com a quantidade de galáxias, de planetas e estrelas em cada uma, a probabilidade de vida fora da terra é imensa”, acredita Leonardo.
“Compete à ciência não dar as costas e investigar, mesmo que haja um descrédito muito grande”, afirma Carlos Odoni. “Seria muita prepotência do ser humano imaginar que está sozinho no universo”, conclui Benhur.
Fonte: G1

http://arquivosdoinsolito.blogspot.com.br/

Centro de estudos de ETs na Unicamp abrigaria o ET de Varginha

 

Instituto de Química da Unicamp abrigaria o Pavilhão 18, 'casa' do ET de Varginha e de vários outros

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), instituição fundada em 1966 e que concentra 23 mil alunos em seus 60 cursos conceituados, conquistou uma fama que pouco tem a ver com a área acadêmica: estudiosos da ufologia, ciência que estuda elementos ligados à Óvnis (objetos voadores não identificados) apontam a universidade como abrigo para criaturas extraterrestres e o maior centro brasileiro de pesquisa sobre a vida fora da Terra.

Por isso, os ufólogos apelidaram a Unicamp de Área 51 brasileira, uma referência à área militar restrita no deserto de Nevada, nos Estados Unidos, tão secreta que o governo norte-americano só admitiu sua existência oficial em 1994 e ainda com muitas restrições. 

Ufólogos afirmam que o local recebe extraterrestres capturados no território americano, fato nunca confirmado ou negado pelo governo. Por isso, segundo eles, a semelhança entre os dois locais.
De acordo com estudiosos, a Unicamp começou a se tornar o principal reduto de pesquisas extraterrestres brasileiras a partir de 1996, com o caso do ET de Varginha (MG). Para os ufólogos, a criatura encontrada na cidade mineira foi trazida para a Unicamp.

"O Exército foi até o local, mas o ET não estava mais lá e tinha sido retirado numa ambulância. Os militares foram atrás dela e a interceptaram. O ET foi retirado da ambulância e levado para a Unicamp, onde foi pesquisado. Foi um dos casos mais importantes da ufologia de todo o mundo. E há muitas testemunhas", diz afirmou José Fernando de Moraes Pinto, biólogo e estudioso do tema.

O local

O laboratório de testes da Unicamp, que teria criaturas de outros planetas mortas e também vivas, ficaria metros abaixo da terra e seria conhecido como Pavilhão 18. 

Segundo os ufólogos, ele é guarnecido de forma única e estaria localizado próximo ao Instituto de Química e a Faculdade de Ciências Médicas.

"Já vimos soldados do Exército, com armas de calibre grosso, e também seguranças particulares que rondam o local durante todo o dia, mas não dá para saber muito, já que o local não é acessível para alunos e pessoas em geral", disse Ricardo Roehe, ufólogo, pesquisador e responsável pelo site "Ufólogos Online".

Roehe explica que, com o sucesso na análise do ET de Varginha, que teria sobrevivido e seria mantido no local até hoje, a universidade foi escolhida para receber outras criaturas. A partir daí, o laboratório subterrâneo teria sido construído para abrigar os extraterrestres. 

"O motivo de ser subterrâneo é controlar os poderes mentais dos ETs e evitar que eles tentem se comunicar com seus pares por telepatia", informou ele, contando ainda que a Unicamp concentra uma grande variedade de extraterrestres "Todos os ETs capturados em Varginha estão lá, assim como os chupa-cabras capturados vivos ou mesmo os abatidos no interior do país", disse.
Outro lado

A universidade se pronunciou através de nota oficial e negou as informações. "Não procede a informação de que a Unicamp estaria desenvolvendo pesquisas ou abrigando supostos extraterrestres em suas dependências", afirma a universidade.

"A instituição interpreta o assunto como um mito que prosperou no imaginário popular e nega qualquer afirmação ou insinuação a esse respeito", completa a nota oficial.

Procurado para comentar o caso, o Exército Brasileiro informou, em nota oficial, que a informação sobre a presença de militares do Exército protegendo uma área na Unicamp "não procede".

O Et de Varginha

O caso de Varginha ocorreu no dia 20 de janeiro de 1996, e se tratava de uma possível aparição de objetos voadores não identificados com captura de criaturas extraterrestres de alto nível de civilização pelas autoridades brasileiras. Uma destas criaturas teria sido levada até a Unicamp, onde permaneceria até hoje.

Três garotas, ao passarem próximas a um terreno baldio, afirmaram terem visto uma das tais criaturas, que teria pele marrom, viscosa, olhos enormes de cor vermelha e três protuberâncias na parte superior da cabeça, que era muito grande.

Na mesma cidade, um casal também afirmou ter visto um OVNI esfumaçado, e outra testemunha afirmou ter presenciado a queda de um OVNI e seus destroços sendo recolhidos por militares. 

Uma investigação realizada pelo Exército Brasileiro, finalizada em 1997, afirmou que as pessoas viram um homem no terreno e confundiram-no com um suposto extraterrestre. 

Fonte: UOL

Estranha figura humanoide avistada na Lua

 

Enviado por M.F. Luder on agosto 13, 2014 – 12:22 am| 2.320 views

alien lua Estranha figura humanoide avistada na Lua

Uma imagem da Lua, fornecida pelo Google, mostra uma forma humana peculiar na superfície lunar.

A mais recente de uma longa lista de objetos anômalos encontrados em fotos de outros mundos, a figura humana parece estar de pé sobre a superfície da Lua com a sua sombra pela paisagem desolada.

Postado no YouTube pelo usuário “wowforreeel”, a descoberta logo se tornou viral com close-up do misterioso humanoide aparecendo em sites de notícias e redes sociais na web.

Não está claro exatamente o que o objeto é, contudo, a teoria principal poderia ser simplesmente um caso de pareidolia, uma tendência psicológica do cérebro humano em ver as coisas de outra forma, principalmente em formas abstratas.

Poderá também gostar de:

Leia mais em: http://arquivoufo.com.br/2014/08/13/estranha-figura-humanoide-avistada-na-lua/

Cientista britânico afirma que vírus Ebola tem origem extraterrestre

 

Enviado por M.F. Luder on agosto 13, 2014 – 12:11 am| 8.396 views

ebola Cientista britânico afirma que vírus Ebola tem origem extraterrestre

De acordo com um jornal local da Inglaterra, um cientista britânico acredita que o vírus Ebola não se originou na Terra.

Ashley Dale, da Universidade de Bristol, disse que há uma possibilidade de que o vírus mortal teria chegado ao planeta Terra depois de viajar milhares de anos pelo espaço.

“Há sempre uma chance de que o vírus Ebola possa ter vindo de fora deste planeta, em algum momento durante o processo evolutivo”, disse Dale ao jornal.

“Temos meteoritos de Marte que aterrissam em nosso planeta a cada ano, e nós sabemos que as bactérias podem sobreviver à viagem. Todas as hipóteses nos levam a acreditar que o Ebola chegou a este planeta de algum lugar no espaço”, acrescentou.

Dale disse ao jornal que não há qualquer possibilidade de que o vírus tenha sobrevivido a evolução do planeta, sendo esta a explicação mais plausível para a sua presença neste momento.

De acordo com um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) , a epidemia de Ebola já matou cerca de 4.000 vidas na África, enquanto a doença continua a se espalhar pela Libéria, Guiné e Serra Leoa.

Leia mais em: http://arquivoufo.com.br/2014/08/13/cientista-britanico-afirma-que-virus-ebola-tem-origem-extraterrestre/

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Faleceu o maior pesquisador ufológico do Nordeste

Faleceu ontem e foi sepultado hoje o Co-editor da Revista UFO, escritor e Presidente do Centro de Pesquisa Ufológica, sediado em Fortaleza.  O maior centro de pesquisa nessa área no Norte e Nordeste.

Dona Maria Zilma Braga  e o Prof. Reginaldo Vasconcelos de Athayde

Componentes da Direção do CPU

Visita de uma equipe do CSPU de Sobral ao Professor Athaydes.

Ele estava se recuperando de um problema de labirintite.

Nossa equipe: Jacinto Pereira, Claudio Dias, Mendonça Rodrigues, Célio Cavalcante e Assis Carlos 

MK 3.200

Logomarca do CPU

Por Jacinto Pereira

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

UFO filmado sobre Manifestantes em Hong Kong * Vídeo Incrível *

 
Posted:2014-10-01 10:57:44 UTC-03:00

Um homem foi surpreendido ao ver um UFO em sua tela de TV.
Vincent Smith estava assistindo a cobertura de protestos em curso em Hong Kong em notícias BBC, quando um objeto luminoso apareceu na sua tela, ele é visto voando na diagonal, quase pousando em um prédio e em seguida disparando na vertical para o céu.

Click na Imagem para Ampliar
Alguns especialistas comentam o vídeo e relatam que o objeto é um zangão ou Quadcopter sendo empregado pelo governo chinês para avaliar o tamanho e estado de espírito da multidão.
Mas outros especialista comentam que a velocidade alcançada pelo suposto Quadcopter subindo ao céu seria impossível, pois alcançou a velocidade de Mach2 equivale a um valor de velocidade duas vezes maior que o som, assim podemos chegar a só uma conclusão, que o objeto aqui visto se trata de um UFO Real
Mais um post by: UFOS ONLINE

Fonte:http://feeds.feedburner.com/ufosonline